4 hacks mentais para absorver o conteúdo mais rápido

07 de junho, 2017
2744
0

A memória humana funciona completamente diferente de um computador. Não há um lugar dentro do cérebro onde todas as informações são armazenas e podem ser acessadas quando necessário. Basicamente, a memória é construída através de conexões neurais. Ao recordar um fato, o que acontece é a reconstrução do padrão de ativação neural de quando ele aconteceu.

Quanto mais conexões neurais se relacionarem a uma determinada memória, mais forte ela se tornar dentro do cérebro. Por isso, o grande trunfo para fortalecê-la e ser capaz de absorver o conteúdo mais rápido é através de jogos mentais que criam diferentes conexões com a informação a ser lembrada. Nesse artigo, nós trouxemos 4 hacks capazes de realizar esse processo.

Leia também: 

Aprenda a estruturar um plano de estudos baseado em estatísticas

Como criar um método de estudo para concursos médicos?

Recriar o que foi estudado

Ao transformar a informação lida, nós criamos outras conexões com ela, o que é essencial para memorizá-la com mais efetividade. Esse é o hack mais simples de ser aplicado, pois são elementos que já utilizamos no dia a dia.

Entender o contexto

Ao invés de focalizar em tentar reter uma informação, procure entender o contexto ao qual ela está inserida. Para isso, é essencial sempre se perguntar o porquê daquilo que foi estudado, tirando o foco no “o quê”.

 

Criar notas utilizando as próprias palavras

Evite fazer marcações ou mesmo copiar trechos do material estudado. Ao produzir notas com nossas palavras, fazemos um processo de simplificação e ao mesmo tempo correlacionamos a informação a outras memórias.

Explicar para outras pessoas ou para você mesmo

Essa atividade nos força a encontrar formas mais simples de passar a informação para outras pessoas, o que exige maior compreensão do tema. Durante o processo, novas e importantes conexões são criadas dentro do cérebro.

Palácio de memórias

Esse método funciona melhor com pessoas que possuem uma boa memória espacial. O palácio de memórias é um lugar dentro da sua mente onde as memórias ficarão armazenas. Basicamente, você deve relacionar as informações a móveis e objetos dentro desse lugar. Quando quiser recuperá-las, basta caminhar pelos cômodos do seu castelo e observar esses objetos, que automaticamente eles trarão a memória à tona. Para começar, é mais indicado utilizar um imóvel familiar, quando dominar o processo, o local pode ser transformado em um gigantesco castelo.

Criar histórias

Desde os primórdios, conceitos e ensinamentos importantes foram passados por meio de histórias. Isso acontece porque o cérebro absorve melhor as informações quando estão dispostas e organizadas nesse formato. Por isso, criar narrativas que contenham os dados que precisa lembrar é uma forma eficiente de guardá-los. Esse método é bastante utilizado em cursinhos, quando os professores transformam conceitos abstratos em músicas ou utilizam pedaços de palavras para criar frases diferentes e marcantes.

Estilo de aprendizado

Cada pessoa tem um estilo de aprendizagem diferente. Isso significa que conseguem absorver melhor o conteúdo quando passado em um determinado formato.

Visual

Os indivíduos que compõem esse grupo compreendem melhor o conteúdo passado por vídeos, textos e imagens. Para aproveitar essa característica, crie pôsteres, espalhe anotações nas paredes e transforme o conteúdo em fluxuogramas e infográficos.

Auditivo

Gravar tudo em áudio é uma boa estratégia para aqueles com esse perfil. Quem é auditivo, em vez de criar notas em papel, deve fazê-lo utilizando um gravador. Muitos integrantes desse grupo conseguem e até gostam de fazer atividades mecânicas enquanto estudam, como caminhar ou lavar os pratos.

Sinestésico

Esse grupo só consegue compreender o que foi estudado após colocar a mão na massa. Testes e simulados são essenciais para aqueles com esse perfil. Uma dica interessante é refazer sempre as notas, mas sem copiar o conteúdo.

Você já sabe qual é o seu perfil de aprendizagem? Nós temos um teste capaz de realizar essa identificação de graça.

Descubra o seu perfil clicando aqui.

Matérias mais lidas

Quais são as áreas da medicina?

Clique e leia a matéria completa

Pílula anticoncepcional: entenda como funciona esse método contraceptivo

Clique e leia a matéria completa

Quanto ganha um cirurgião geral?

Clique e leia a matéria completa