Residência em Cirurgia Bariátrica já é uma realidade

12 de agosto, 2019
120
0

Decidir qual Residência fazer é um processo diferenciado para cada médico. Alguns fazem a escolha no começo do curso e seguem com o planejado, outros fazem diversas escolhas ao longo do curso até, de fato, decidirem.

Independentemente de qual é o seu perfil, é importante sempre ficar ligado nas novidades da Medicina. Certas mudanças podem ter grande impacto na sua decisão, e uma dessas mudanças é a criação de uma nova Residência: a de Cirurgia Bariátrica.

Leia mais: Cirurgia Bariátrica – Técnicas Cirúrgicas. 

É necessária uma Residência apenas para esse tipo de cirurgia?

A Cirurgia Bariátrica, em dados de 2018, segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, cresceu quase 47% entre os anos de 2012 e 2017.

Em números reais, são 72 mil procedimentos, em 2012, comparados a 105 mil cirurgias, em 2017. Quando se considera apenas o SUS, o percentual dispara. Entre 2008 e 2017, o número de cirurgias bariátricas subiu 215%, com crescimento anual médio de 13,5%.

Leia mais: Número de cirurgias bariátricas no Brasil aumenta 46,7%..

Esses números mostram que tal tipo de cirurgia é cada vez mais comum no sistema de saúde brasileiro e, também levando isso em conta, o MEC (Ministério da Educação) autorizou a implantação de programas de Residência Médica em Cirurgia Bariátrica no país.

O plano do MEC e da CNRM (Comissão Nacional de Residência Médica) é que, em médio e longo prazo, o Brasil tenha mais profissionais largamente capacitados a oferecer o procedimento – o que poderia, inclusive, reduzir a longa espera pela cirurgia em hospitais públicos e, também, reduzir os custos do tratamento.

Como fazer para ingressar em um programa de Residência em Cirurgia Bariátrica

A CNRM já dispõe de formulário a fim de que os hospitais possam se inscrever para ter residentes em cirurgia bariátrica, sendo o prazo limite para o envio do referido formulário preenchido no dia 31 de agosto de 2019.

O pré-requisito para ingresso na Residência é o de, pelo menos, 2 anos de experiência em Cirurgia Geral, para quem iniciou o programa até 2018, e 3 anos para quem o iniciou em 2019.

O Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco foi o primeiro a contar com o programa oficialmente, já com respaldo do MEC, em fevereiro deste ano. Por isso, fique ligado nos próximos editais para saber os hospitais que farão a oferta dessa modalidade de Residência.

Leia mais: Implantação de residência médica em cirurgia bariátrica pode diminuir as filas dos hospitais públicos no país. 

Matérias mais lidas

Quais são as áreas da medicina?

Clique e leia a matéria completa

Quanto ganha um cirurgião geral?

Clique e leia a matéria completa

Pílula anticoncepcional: entenda como funciona esse método contraceptivo

Clique e leia a matéria completa