Concurso do SUS-SP: o que saber para passar?

08 de dezembro, 2017
993
0

Com o maior número de vagas disponíveis entre todas as instituições do estado, o concurso do Sistema Único de Saúde de São Paulo (SUS-SP) é uma das principais portas de entrada para a residência médica. Separamos algumas dicas que podem ajudar quem pretende ser aprovado nesse processo seletivo.

Como funciona o concurso do SUS-SP?

Realizado em uma única etapa, o processo seletivo consiste em uma prova de 100 questões, na qual, os candidatos com maior pontuação serão aprovados. Por levar em consideração apenas o desempenho objetivo (análise curricular e entrevista não têm peso), o concurso do SUS-SP possui caráter democrático superior a outros processos de entrada na residência médica.

A nota é o critério utilizado para a escolha do local onde o médico realizará a residência. Dessa forma, os primeiros lugares têm o direito de escolher as instituições que mais lhe agradam. De acordo com o interesse, as vagas nas principais unidades vão se esgotando, restando menos opções para os últimos colocados.

Pontuação para ser aprovado

Claro, essa é apenas uma projeção, mas uma média de acerto acima de 80% das questões praticamente garante a entrada em todas as especialidades. No entanto, como já falamos, quanto maior a pontuação, melhores as chances de conseguir vaga na instituição desejada.

Dicas para ser aprovado no SUS-SP

As 100 questões cobradas na prova são distribuídas entre as cinco áreas básicas. Separamos algumas dicas rápidas de cada uma delas. Para se aprofundar mais no assunto, nossos professores disponibilizaram vídeos com dicas mais complexas.

Acesse as aulas!

Clínica Médica

Por ter grande volume de conteúdo, a seção de Clínica Médica sempre causa preocupação aos candidatos. Para a prova do SUS-SP, é importante ficar atento a assuntos como: intoxicações exógenas, distúrbios hidroeletrolíticos, endocrinopatias e interpretação de ECG.

Ginecologia e Obstetrícia

Fique atento aos temas relacionados a vulvovagnites, doenças hipertensivas da gestação e interpretação de partogramas.

Cirurgia geral

Com maior frequência são cobrados temas como: abdômen agudo, ATLS e hemorragia digestiva.

Pediatria

Entre os assuntos com maior incidência, é preciso ficar ligado nas doenças exantemáticas e nas imunizações, dando ênfase nas novidades do calendário vacinal deste ano.

Medicina Preventiva

Capacidade de memorização é fundamental para ir bem aqui. Entender e memorizar a lista de doenças de notificação compulsória, as modalidades de prevenção e os diferentes tipos de estudos epidemiológicos garante uma boa vantagem.

Reta Final SUS SP

Criado para ajudar os candidatos a garantir boas notas nesse processo seletivo, o Reta Final SUS SP é um curso de curta duração, em que os professores selecionam perguntas chave e discutem as alternativas, mostrando como chegar à resposta correta. Não perca tempo!
 
Matricule-se no Reta Final SUS SP!

 

Matérias mais lidas

Quais são as áreas da medicina?

Clique e leia a matéria completa

Pílula anticoncepcional: entenda como funciona esse método contraceptivo

Clique e leia a matéria completa

Quanto ganha um cirurgião geral?

Clique e leia a matéria completa