O que os avaliadores esperam de você na prova prática de Residência Médica?

15 de janeiro, 2020
19
0
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  

A prova prática do concurso de Residência Médica é uma das avaliações mais temidas por quem quer se tornar um residente. Isso porque muitos alunos não sabem o que lhe esperam e acabam focados apenas no conteúdo. Já conversamos aqui no blog sobre a prova de Residência médica, e com essas informações, é possível entender um pouco do que se é esperado – ou seja, não basta saber somente o conteúdo, é preciso estar relaxado e tranquilo para realizar o exame.

Leia mais: Como escolher sua Residência Médica? O que considerar na escolha?

Existem diversas técnicas de estudo que podem te ajudar a aprender o conteúdo, mas, o que o avaliador espera de você nesta etapa? Primeiramente é preciso ficar tranquilo em relação ao que deve ser estudado. As tarefas não costumam ser complicadas e, geralmente, são bem objetivas.

Quando se está bem preparado para a parte teórica (e nem é preciso dizer que a Medcel tem uma lista extensa de cursos que podem te ajudar nesta etapa, né? Clica aqui e veja!), a sua preocupação precisa ser nas sua habilidades práticas, no seu contato com o paciente e na sua habilidade de realizar diagnósticos. Além do diagnóstico em si, você será cobrado na atitude que tomará com o diagnóstico em mãos.

O que eu preciso me atentar?

– Faça o exame físico de acordo com a hipótese de diagnóstico que você pensou. Use todas as informações que lhe foram dadas!
– Dependendo do diagnóstico, reflita se não é necessário pedir por exames. Não basta apenas diagnosticar.
– Quando for fazer algum procedimento, lembre-se de falar em voz alta cada passo que fizer para que o examinador possa avaliar a sua conduta.

Existem diferentes tipos de prática?

Sim. Lembre-se de que são estações diferentes e o tempo máximo costuma ser de 10 minutos – mas, por vezes, esse tempo pode ser menor. Use essa informação a seu favor. Estações com tempo menor (como de 5 minutos, por exemplo) costumam ser mais objetivas, esperando do aluno apenas um diagnóstico e um tratamento. A anamnese será cobrada nas estações com tempos mais longos.

A prova prática é obrigatória?

Por lei, não – então, você pode se deparar com algum concurso que não exija que você a faça. Porém, as provas mais concorridas costumam exigir essa etapa por ser uma excelente forma de avaliação para “bater o martelo” em quem classificado ou não.

Leia mais: Como é a Prova Prática de Residência Médica?

Como saber se a instituição que eu quero prestar exige a prova?

Nenhuma instituição fará surpresa quanto a isto. Na hora de se inscrever, confira o edital – nele você conseguirá esta informação e, também, algumas outras adicionais, que podem te ajudar muito na hora da prova. Das grades instituições, as que costumam pedir esta etapa da prova são FAMERP, HCG, HSL, PUCCAMP, Santa Casa, UFES, UFPR, UNESP, UNICAMP, USP (SP e RP), dentre outras.

Qual o próximo passo?

Agora, é hora de focar na parte teórica. Já conhece todos os cursos que nós oferecemos? Então vem com a gente, queremos estar ao seu lado em todos os passos.

 

 

Matérias mais lidas

Pílula anticoncepcional: entenda como funciona esse método contraceptivo

Clique e leia a matéria completa

Quanto ganha um cirurgião geral?

Clique e leia a matéria completa

Quais são as áreas da medicina?

Clique e leia a matéria completa