Saiba quais são os tipos de câncer mais comuns no Brasil

20 de fevereiro, 2019
99
0
Prof. Dr. João Tognini

O nome câncer é sinônimo de neoplasia maligna e reúne um conjunto de mais de 100 doenças cuja fisiopatologia reside no crescimento desordenado de células. Tais células invadem tecidos e órgãos e levam a diversas possibilidades de sintomatologia e até a óbito.

Doenças e agravos não transmissíveis

É interessante observar que o câncer está incluído no grupo de patologias denominadas Doenças e Agravos Não Transmissíveis (DANT), e levando-se em consideração dados globais, as DANT têm sido responsáveis por cerca de 36 milhões de óbitos pelo mundo na atual década. Das causas não transmissíveis, acredita-se que 63% dos óbitos sejam relacionadas a doenças cardiovasculares, e 21% devido a câncer.

Como a doença neoplásica maligna depende de vários fatores, como genéticos e ambientais, espera-se que a distribuição da doença tenha determinadas peculiaridades de acordo com a constituição genética e a área geográfica ocupada por determinada população.

Maior incidência em território nacional 

O Brasil é um país de dimensões continentais, e na constituição de sua população, há características antropológicas diversas que variam de região a região. Porém, existem dados consistentes compilados pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA), sobre os tipos de câncer com maior incidência em território nacional, assim como dados sobre a distribuição de determinados tipos de câncer em cada região.

De acordo com dados do INCA, estima-se, para o biênio 2018-2019 no Brasil, a ocorrência de 600.000 casos novos de câncer. Tanto no sexo masculino quanto feminino, o câncer de pele não melanoma é o que leva a mais casos novos por ano (170.000).

Homens e mulheres

Nos homens, os tipos de câncer mais incidentes no Brasil são próstata (31,7%), pulmão (8,7%), intestino (8,1%), estômago (6,3%) e cavidade oral (5,2%). Nas mulheres, são mama (29,5%), intestino (9,4%), colo de útero (8,1%), pulmão (6,2%) e tireoide (4,0%), não considerando neste ranking o câncer de pele não melanoma.

Leia também: Câncer de próstata – a importância do diagnóstico precoce.

Com relação às regiões geográficas nacionais, observa-se, também segundo dados disponibilizados pelo INCA, que as regiões Sul e Sudeste concentram 70% dos casos novos, sendo que quase metade dessa incidência encontra-se na região Sudeste.

Cenário Brasil 

Entretanto, existe grande variação na magnitude dos tipos de câncer entre as diferentes regiões do Brasil. Nas regiões Sul e Sudeste, predominam os cânceres de próstata e mama feminina, bem como os cânceres de pulmão e intestino.

Saiba mais sobre Câncer de mama.

A região Centro-Oeste, apesar de semelhante, incorpora em seu perfil os cânceres de colo de útero e de estômago entre os mais incidentes. Nas regiões Norte e Nordeste, apesar de também apresentarem câncer de próstata e de mama feminina entre os principais, a incidência dos cânceres de útero e de estômago tem impacto importante.

Chama a atenção que a região Norte é a única do país onde as taxas de cânceres de mama e de colo de útero se equivalem.

Enfrentamento e prevenção 

O entendimento das estatísticas que norteiam a incidência dos diferentes tipos de câncer no Brasil e suas variações em relação às diferentes regiões auxilia de forma substancial na construção de estratégias de enfrentamento e de prevenção a essas doenças.

Não podemos deixar de considerar que nossa pirâmide demográfica está em constante mudança, e, com o natural envelhecimento populacional, da mesma forma como as demais doenças não transmissíveis, o câncer também será um desafio cada vez maior no futuro.

 

Matérias mais lidas

Quais são as áreas da medicina?

Clique e leia a matéria completa

Pílula anticoncepcional: entenda como funciona esse método contraceptivo

Clique e leia a matéria completa

Quanto ganha um cirurgião geral?

Clique e leia a matéria completa