Você conhece os 4 níveis estratégicos da Medicina preventiva?

14 de novembro, 2019
10
0

Muitos ditos populares são baseados em crendices, em algo que antes se acreditava como verdade. Porém, com o tempo, mesmo com a ciência provando o contrário, os ditos continuam. Mas nem todos são crendices, ou melhor, nem todos foram provados o contrário. Para falar a verdade, alguns acabaram se mostrando verídicos e muito sábios.

Um desses ditos é o “é melhor prevenir do que remediar”. Este dito é muito popular em todo o Brasil e usado, geralmente, para situações do cotidiano, não necessariamente ligadas à medicina ou ligados a doenças.

Saiba mais:

Gastão Wagner fala sobre a medicina preventiva no SUS.

Na década de 1980, um tipo de medicina acabou ganhando notoriedade e, com o passar do tempo, vem se tornando cada vez mais popular. A Medicina preventiva é uma especialidade que, como o sábio dito popular já previa, consiste em prevenir doenças ou lesões antes delas aparecerem e precisarem de cura ou tratamento.

O objetivo é melhorar a qualidade de vida do paciente e, também, aumentar a produtividade e diminuir gastos com medicamentos.

Saiba mais:

Evolução do Gasto com Medicamentos do Sistema Único de Saúde no Período de 2010 a 2016.

Isto é possível por conta dos avanços na medicina. Com exames de rotina, preventivos e até mesmo genéticos, já é possível identificar doenças antes delas aparecerem, o que possibilitam a minimização de possíveis danos à saúde do paciente. Outro grande exemplo é na Oncologia, em que a identificação da doença pode aumentar as chances de cura antes de atingir novos níveis.

Estratégias

 A Medicina preventiva é dividida em quatro níveis estratégicos:

MEDICINA_PREVENTIVA
Quer saber mais sobre esses assuntos e novidades da Medcel? Então segue a gente lá no nosso Instagram!
Instagram Medcel.

Matérias mais lidas

Quais são as áreas da medicina?

Clique e leia a matéria completa

Pílula anticoncepcional: entenda como funciona esse método contraceptivo

Clique e leia a matéria completa

Quanto ganha um cirurgião geral?

Clique e leia a matéria completa