Você sabe a diferença entre Obstetriz, Obstetra e Enfermeiro Obstetra?

02 de dezembro, 2019
11
0

É comum, atualmente, ficarmos em dúvida sobre o que cada profissional da área de Obstetrícia realiza. Todos têm algo em comum, obviamente: o estudo da reprodução humana. Ou seja, todos estarão envolvidos diretamente nos cuidados de uma gestante em todo o seu processo: desde o início da gravidez até o pós-parto.

O que confunde, no final das contas, é que os nomes são parecidos. Apesar de poder fazer parte até da mesma equipe, cada um desses profissionais tem formações diferentes e, portanto, funções diferentes. E este é o primeiro ponto a ser analisado.

Vamos começar pela Obstetriz. Caso você seja uma pessoa que quer apenas participar desta área da medicina e não tem mais nenhum interesse em outra área, fazer o curso de Obstetrícia pode ser uma solução para você. Por enquanto, ele é somente oferecido pela Universidade de São Paulo (USP) e tem foco no parto humanizado.

Leia mais: Humanização do parto: a nova perspectiva do Hospital Materno Infantil

Mas quem opta por este curso deve se atentar que, apesar de ter funções muito semelhantes com a de um Obstetra (que já falaremos sobre), este profissional não estará certificado a fazer partos de alto risco e não poderá realizar cirurgias, como o parto cesariano. As outras funções são as mesmas de um Obstetra.

Já o Enfermeiro Obstetra tem algumas funções parecidas com aquele que é formado em Obstetrícia. Ele poderá realizar, também, partos naturais de baixo risco e poderá acompanhar a paciente durante a gestação. Este profissional é formado em Enfermagem e possui especialização em Obstetrícia. Seu diferencial será nos locais de atuação: por conta da sua formação primária, terá acesso em UTIs, pronto socorro etc.

Por último, temos o Obstetra. Este profissional é formado em medicina e passou por 3 anos de especialidade em GO (Ginecologia e Obstetrícia). Além de poder fazer tudo o que já foi mencionado (pré-natal, acompanhamento, parto de baixo risco), ele poderá fazer partos de alto risco, cirurgias, diagnóstico de patologias e, também, o parto fórceps. Além disso, também poderá atuar como Ginecologista, já que a especialidade é conjunta.

Leia mais: Onde um médico obstetra atua?

Matérias mais lidas

Quais são as áreas da medicina?

Clique e leia a matéria completa

Pílula anticoncepcional: entenda como funciona esse método contraceptivo

Clique e leia a matéria completa

Quanto ganha um cirurgião geral?

Clique e leia a matéria completa